Friday, January 26, 2007

A MASSA PODRE

Das empadas, prefiro aquelas feitas com a tal massa podre. Parece que a denominação provem do excesso de óleo que faz com que a massa se desmanche facilmente. Nome inconveniente, mas a massa é gostosa. Eu sempre comi, mas nunca havia procurado saber de onde vinha o nome. A gente não se importa e também não se pergunta muito sobre a origem das coisas e seus efeitos. Se é gostoso, consumimos. O pior, mesmo quando sabemos que não é saudável, raramente evitamos certas coisas. A Coca-Cola por exemplo, a gente sabe que ela desentope pias, desenferruja as coisas, faz mal para o estômago, derrete os ossos, entre outras coisas, mas qual de nós deixou de tomar Coca-Cola por saber disso? Levante a mão!!!
Bom, o fato é que o conhecimento do mal não afasta o mal necessariamente, porque o mal é bom às vezes e o bem cruel, que o diga a tigresa! Tem gente que se compraz no sofrimento por achar que mais adiante a dor vai passar. Eu mesmo continuo tomando Coca-Cola, mesmo sabendo de seus danos e sei que muita gente sabe e toma. Quem é que liga realmente? Como é que tanta gente inteligente usa drogas e danifica o cérebro, mesmo sabendo dos efeitos malignos do vício. Quanta menininha fica grávida, mesmo sabendo da prevenção. Quanta gente contrai HIV por negligência? Isso sem falar das árvores que caem, dos carros que a gente continua lavando com mangueira, da TV que a gente assiste com a luz da sala apagada...
Pois é, não é tão fácil tirar o espinho mesmo sabendo que ele nos causa dor. Existem os masoquistas inconscientes e existe também a consciência da própria burrice que persiste em não mudar. São nossas escolhas. Entre a dor e a delícia de sermos o que somos e vivermos o que vivemos, a vida passa. Um dia a gente aprende!!!

Thursday, January 11, 2007

Pela Igualdade Cósmica do Pão

Ouvi dizer que em Netuno chove diamantes. Não há como pegar os diamantes de Netuno porque a pressão atmosférica lá é quatrocentas mil vezes maior que a da Terra e é justamente por isso que lá chove diamantes. A pressão faz o carbono virar diamante pelas leis da física, da química… E faz a gente virar um prato ou uma palheta de jogar futebol de botão. Se a lei fosse igual para todos, seríamos milionários aqui em casa, já que a mainha tem pressão alta. Mas não somos milionários aqui em casa, porque não moramos em Netuno e a lei não é igual para todos. Milionário é o sujeito que ganhou sozinho a megasena acumulada. Ele nem precisou querer mudar de planeta!!! O que é que adianta tanto diamante num lugar onde não há cobiça? Aposto que se a serra pelada fosse em Netuno, ela estaria vestida até hoje. Mas a serra pelada só está pelada porque está no Brasil e o Brasil fica no planeta Terra, pelo menos enquanto os golpistas intergaláticos não roubam nossa órbita e nem queimem ônibus espaciais com extraterrestres dentro. Ainda bem que tudo acontece em seu devido lugar, porque se Netuno fosse aqui, aqui não seria nossa terra. Pois é.
Frase do meu irmão nesse instante: Nossa, hoje lá no centro, havia uma menina com a calça de cintura tão baixa, tão baixa, que dava pra ver até a religião dela!

Monday, January 08, 2007

O SONHO NÃO ACABOU

Pode entrar, que o ano começa sem muita farinha de trigo e ovo. É um ano novo, e espero que este seja realmente um ano Ímpar para nós todos. Pão de par em par é muito certinho para uma vida tão cheia de curvas e buracos, principalmente para quem anda sobre rodas em Sete Lagoas. Daqui a pouco, isto aqui será uma única lagoa, bem grande. Visite antes que submerja! E se não estiver de caro, entra pela porta de trás, que a gente te conduz ao reino dos céus, onde as meninas não ligam para garotos só porque eles tem carro. Diz um amigo meu, que o carro é a extensão de pênis. Eu preciso saber do nível de concordância disso aqui, até porque, isto preocupa o meu gênero. Ainda diz que as mulheres preferem os sedans aos hatchs... Se tamanho for documento mesmo, prepare-se para enfrentar as burocráticas filas de nossas repartições públicas. Eu disse públicas e não púbicas! E repartições também são sempre uma zona!!Em 2007 não percam a cabeça, usem camisinha, dirijam com cuidado, olhem para os lados e divirtam-se com moderação. Afinal amigos, O Zacarias morreu, Elvis, pelo que parece, morreu também, James Brow morreu, Sadam Hosseim morreu, 2006 morreu, Jhon Lennon morreu, mas o SONHO NÃO ACABOU, mesmo que aqui em Sete Lagoas sonho seja Marta Rocha! Vai entender...

Thursday, December 07, 2006

Confissões de uma mente perigosa

Você já se sentiu culpado por ter tudo o que precisa para ser feliz e mesmo assim sente que não é?
Você já teve vontade de quebrar todos os copos do armário mas não quebrou porque custam dinheiro e você teria que arrumar tudo depois?
Você já sentiu vontade de chingar o mais feio palavrão conhecido, mas em nome da respiração decimal (contar até dez!) você se conteve?
Você já sentiu vontade de dar um grito, um berro, num lugar cheio de gente, mas não deu justamente porque o lugar estava cheio de gente?
Você já se sentiu uma ameaça à sociedade?
Já sentiu que a linha que separa sua calma de sua ira é quase inexistente?
Você já se sentiu vitorioso por deixar o mundo intacto e ainda sorrir?
Pois é, hoje estou me sentindo uma vitoriosa!

Tuesday, September 26, 2006

Vacância é um período de férias ou uma espera...

As obras por aqui andam lentas.
Primeiro tive que adiar devido a um outro projeto, mas agora pretendo voltar e essa corda agarra em meu pé. A vida é cheia de armadilhas, mas minha padaria será um lugar para que as pessoas venham buscar seu pão, sem temer as armadilhas, as ervilhas ou as ovelhas. Tudo inofensivo. Até mesmo as vacas. Elas são sagradas na Índia, mas também são responsáveis pela emissão de gás metano no planeta. Este gás colabora para a destruição da camada de ozônio e as vacas o liberam pelo pum e pelo arroto. Em alguns países é cobrado imposto ambiental para se criar vacas. Eu já quis ser uma vaca. Elas parecem tão lerdas, tão inofensivas, tão educadas, mas na verdade acho que riem de nós e de nossa presunção. Não ligo, no fim não sou eu quem vira presunto. Respeito as vacas, mas confesso, nada melhor do que esse rótulo de racional que ganhamos, mesmo que tenhamos de ruminar certas coisas. Viva as vacas do mundo!!!

Eu não quero mais morrer de medo

Faz um ano que ela existe, mas eu poderia ter escrito isso ontem

As ruas frias dessa cidade
e o luar, tão cáustico satélite
emanam gritos de mudas vozes
meu universo é instável e silencia
E no interior de cada célula acústica
o som invade corroendo o sono de tudo
de tudo o que deveria ser ação e adormeceu
de tudo o que poderia ser real, não fosse eu
Não quero mais morrer de medo
Não quero ter no peito um coração
que bate acuado e sem sentido
sem ter resposta e determinação
Não quero mais morrer de medo
e ter que ver que a vida foi em vão
sabendo que o destino simplesmente
estava e sempre esteve em minhas mãos.

Saturday, September 09, 2006

O Pão Nosso de Cada Dia

E então estamos aqui...
Estou começando um novo negócio, em outro endereço, com outra razão social, com outro ramo de atividade... Quase nada igual, afinal, só é duradouro aquilo que se renova, mesmo que canse ser novo a cada dia.
Estou aqui e estão pintando o prédio ainda. Tudo está vazio. Não há funcionários bizarros como o saudoso ornitorrinco, o estranho gnu, não tenho um mentor sideral como o Vico de Eves... Sou eu apenas aqui, embarcando nesta aventura gastronômica! Descobri que comer tem muito a ver com espaço, lembro até de saturno e seus anéis quando tiro o "g" de gastronômico e fica "astronômico".
O espaço é tão imenso... As estrelas, elas são tantas lá no céu... Somos pequenos demais e sofremos por tão pouco, tropeçamos em pedras pequenas e passamos pelo caminho sem perceber os efeitos do bem ou das boas ações do mundo. Um dia, em um boteco, escrevi que podemos tapar a lua com o polegar, mas nem com a mão inteira podemos esconder o luar... Ah, sei lá, que valha sempre a pena ser correto, fazer o que é certo. Que a felicidade seja sempre maior do que o medo de ser feliz e que haja muitas fornadas nessa panificadora.
Amanhã irei a um leilão. Estou pensando em arrematar uma vaca malhada!!!